29.7.09

Workshops e aulas

Yoga pré-natal, pós- parto - ver mais info

Yoga em família - ver mais info

Ásana e Pranayáma – A consciência corporal e energética

Ásanas são as posturas físicas, desenvolvidas ao longo de milénios pelo Yoga e que, como tal, são comprovadamente benéficas para o corpo físico e energético de uma forma integral e integrada. Cada exercício, permite trabalhar a consciência do indivíduo, e no seu conjunto, permitem potenciar essa mesma consciência, dando à pessoa, novas ferramentas que a ajudam a lidar com a sua saúde, as suas emoções e limitações, quebrando barreiras até então aparentemente intransponíveis.
O pránáyáma consiste na execução de respiração consciente, através de determinados exercícios respiratórios, que permitem aumentar e trabalhar a energia (prána) dentro do nosso corpo físico. Estes exercícios quando aliados às postura físicas (ásanas) aumentam fortemente o fluxo energético dentro do corpo, trabalhando directamente sobre os canais e meridianos corporais, fazendo a manutenção energética da energia subtil existente dentro do corpo.
Neste workshop, serão dadas técnicas básicas para aumentar a consciência corporal e emocional, através do ásana e do pránáyáma, numa abordagem simples e despreconceituada, fazendo paralelismos com outras vias de trabalho energético como por exemplo a acupunctura.

Yoganidrá, Dharana, Pratyahara e Dhyana – relaxamento, abstracção, concentração e meditação

A meditação é uma técnica utilizada desde a antiguidade que permite, a quem a pratica, esvaziar a mente de pensamentos, e dessa forma, trabalhar um estado de gratidão, plenitude, consciência infinita. Os passos que antecedem a meditação - o encontro com o samadhi ou o zen - são por si só de extrema importância na manutenção da saúde corporal e mental, permitindo ao praticante aumentar a sua capacidade de concentração e de percepção da realidade interior e exterior a si.
Neste workshop, serão dadas as técnicas que fazem parte do processo meditativo. Yoganidrá ou relaxamento profundo não é considerado como fazendo parte do processo de meditação em si mas revela-se um passo de excepcional importância para acalmar o corpo e a mente e mais facilmente mergulhar na concentração (dharana) e abstracção (pratyahara) que antecedem o estado meditativo.
Neste contexto, serão utilizadas técnicas de relaxamento e concentração através do som das taças tibetanas e do didgeridoo (instrumento étnico) que levarão os praticantes a repousar e relaxar a um nível celular, e que consequentemente lhes permitirá atingir um estado de abstracção (desse mesmo som, do seu corpo, dos seus pensamentos) dando–lhes a conhecer as primeiras fases do exercício meditativo.

Sem comentários:

Enviar um comentário